22 de agosto de 2009

CRÔNICA: O Bem-te-vi


-->
O Bem-te-vi
Como é chato esse bem-te-vi! Ele mora ali no poste, em frente à minha casa e todos os dias enche a minha paciência... Geralmente, eu amo os animais, porém, esse chato de galocha não merece o meu amor. Ele me irrita demais e deixa meus nervos à flor da pele. Já até quis mal a ele. Outro dia estava começando a formar um mau tempo no céu e eu, no meu íntimo, pensei: Arrá... agora ele vai ver só! Vai cair um temporal e ele vai se danar todinho... Vai ficar sem casa, o sem-graça do bem-te-vi. Se isso acontecer, ele sumirá da minha frente de uma vez por todas! Torci à beça para a tempestade carregar a casa dele embora, porém não obtive sucesso nas minhas maquinações. O tempo se espalhou e não aconteceu a chuva e o vento que eu esperava. Está bem, confesso que foi maldade da minha parte desejar isso para ele, mas ele é uma ave chata p’ra caramba! Parece até que ri da minha cara quando fico brava com ele! Finge que não está nem aí, o pestinha! A primeira coisa que tentei foi pedir a um senhor que capina o meu quintal para armar uma arapuca para o enjoado do bem-te-vi. Pensa que ele caiu nessa? Nem ligou... Aí que piorou seu comportamento infame! E toca a pensar num jeito de acabar com ele. Matar não vale, porque eu amo os animais. Ele dá sorte do meu amor se estender um tiquinho de nada para sua senhoria. Se não fosse assim, ele já era! Sabe que estou até preocupada dele aumentar a família naquele ninho? Se isso acontecer, eu não vou agüentar! Ah, não vou não! Sabe que tem horas que eu queria ter um coração mais duro só para dar uma lição naquele palhaço? Fiquem sabendo que ele tripudia da minha cara todos os dias, saltitando e bicando o meu carro! É isso mesmo! O carro fica sujo de caca de passarinho e, também, arranhado. Já, pensou que prejuízo? Eu sou tão bobona de não fazer uma maldade com aquele lá. Mas amanhã é outro dia e quem sabe eu acorde com um mau-humor enorme e resolva acabar com essa palhaçada. Aí ele vai fazer graça em outra freguesia. Comigo não, violão!
Vilma Corrêa da Silva – Educadora - Língua Portuguesa e Língua Inglesa, 25/02/2008
* Vilma é professora de língua portuguesa do Curso Normal do IEETF.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

18 comentários:

Anônimo disse...

Tadinho do bem-te-vi...

Anônimo disse...

Não seria o "comportamento infame" do bem-te-vi uma vingança contra o homem por estar devastando o seu habitat natural? Talvez só tenha lhe sobrado o poste. É pra pensar...

Vilma C. disse...

Mas... o que meu carro tem haver com a desumanidade dos humanos? Eu nunca fiz mal a nenhum pássaro! Amo-os todos. Pense nisso...

Vilma C. disse...

Um poemeto para quem curte poesias...

Passa tempo,
Tempo passa!
Chego a ficar sem graça
Com as voltas que o tempo dá.
Se não era para ser feliz,
Por que eu vim para cá?

(Autora: Professora Vilma - Língua Portuguesa e Língua Inglesa - ''eu-poético'': O Bem-te-vi)

Anônimo disse...

Deixe o bem-te-vi no poste!!!!!
Tem coisas na vida que são mais irritantes que um Bem te vi .....

Anônimo disse...

IDÉIA

Venda o carro...
e deixe o bem te vi em paz rs rs rs

Anônimo disse...

Muito boa a sugestão de vender o carro. O bem-te-vi merece.

Anônimo disse...

Ah!!! eu estive pensando. Eu quero este bem-te-vi no poste em frente da minha casa. Eu adoro este pássaro.

Anônimo disse...

Professora Vilma, não seria a ver "com a desumanidade dos humanos?" Diante desse haver, o bem-te-vi até tem direito de fazer caca no seu carro.

Vilma C. disse...

Caro anônimo do a ver:

Gostaria de saber quem vc é para tirarmos sua dúvida sobre "a ver" ( do verbo vir ) e "haver". Apresente-se para conversarmos,ok?

Vilma C. disse...

Caro anônimo do "a ver": Sei que vc se esforçou para chamar a minha intenção ao portuguës correto. Obrigada pelo interesse demonstrado. Como sou agradecida às pessoas que querem que eu aprenda melhor, dou o retorno, para esclarecer melhor: Se eu tivesse escrito "a haver com a desumanidade dos humanos", com certeza estaria errada. Mas não usei a preposiçãozinha. De modo, que está absolutamente certa a escrita. Exemplo: Microsoft bilionária,o que temos haver com isso ? Entendeu? Explicado o engano, quero acgradecer seus comentários.
Sds.
Professora Vilma

Vilma C. disse...

Caro anônimo do "a ver":

Escrevi ''vir'' e"intenção, ao invés de '' ver" e "atenção" de propósito. Para demosntrar que foi intencional o uso do verbo vir e haver, ok? Continue dando a sua opinião abertamente...

Sds.
Professora Vilma

Vilma C. disse...

Agora fiquei meio pensativa: Por que estão implicando com a minha amizade e do meu bem-te-vi? A gente briga, mas se entende. Ele agora está até bonzinho... parou e está comportadíssimo!

Anônimo disse...

Não é para implicar, é para brincar.
Espero q não se importe.

Que bom q vc e o bem te vi se entenderam.
Bjs

Anônimo disse...

Fiquei feliz com o seu relacionamento com o bem -te -vi e também com a explicação do haver??? a ver???
Espere que ele possa de agora em diante fazer a sua caca em paz.

Marta Oliveira disse...

Vou meter a minha colher, já que convoquei os leitores, através do mural de recados para participar do debate. A intenção não era criticar a atitude da autora, mas pensarmos numa forma de utilizar o texto como reflexão em relação aos problemas que a degradação ambiental vem trazendo ao próprio homem. Nesse caso, é só um pássaro, mas em algumas regiões são animais selvagens que estão invadindo ambientes urbanos.
E, cá pra nós, quem diria: "Tadinha da ONÇA, ou da COBRA..."

Vania Neri disse...

Achei excelente a crônica da professora Vilma e também as colocações feitas pela Marta. Já passou da hora de pararmos de pensar que os problemas ambientais não nos envolvem e começarmos a tomar uma postura em defesa da vida. Penso que se não destruíssemos o habitat natural dos animais eles não teriam "invadido " as cidades como temos visto.È urgente que nos posicionemos.Vania Neri

Vilma C. disse...

Valeu Vânia! Valeu Martha! Gostei dos comentários... volto, em breve, com mais uma! Pode?

Abçs
Professora Vi






Insira o seu endereço de e-mail:

Obrigado desde já.

Postagens populares

Seguidores

Receba nossas atualizações por e-mail

Total de visualizações

Aniversariantes do Mês:

Julho
04- Olga C. Torres
07- Morete
09- Círia M. S. Alves
09-Lineu O. Diniz
17-Renata Costa Abreu
18- Adriane A. Louvem Pimentel
23- Gustavo C. Matos
25- Juliana M. de Abreu

Nossa escola participa!!!!

Central de Relacionamento

Currículo Mínimo/ Orientações Pedagógicas/ Recursos Digitais

Docente Online

Arquivo do blog